O Abolicionismo


Read by Rachel Moraes

(4.8 stars; 48 reviews)

“O Abolicionismo” é uma das obras mais importantes para a abolição da escravatura, no Brasil. Ela propõe, como tarefa imediata para a época, a emancipação dos escravos e seus filhos, bem como a tarefa da anulação dos efeitos de um regime que por três séculos criou e alimentou situações que destroçaram o espírito de Justiça e Humanidade. Ou seja, esta obra de Joaquim Nabuco, abolicionista, monarquista, jurista, historiador, diplomata, poeta e jornalista brasileiro, foi escrita e publicada em 1883 e pregava o fim da situação do negro no Brasil de então. Pregava também que eram necessárias ações, para evitar a perpetuação do desrespeito ao ser humano vindo da África como escravo, que tinha fossilizado nos três séculos anteriores. A situação do negro brasileiro, nesta segunda década do século XXI, indica ser realidade o que Nabuco temia no século XIX – uma situação perpetuada. Esta frase de “O Abolicionismo” dá a medida do livro: “A história da escravidão africana na América é um abismo de degradação e miséria que não se pode sondar, e infelizmente essa é a história do crescimento do Brasil”. “O Abolicionismo”, em sua essência, foi escrito também para o Brasil de hoje. (Sumário por Rachel Moraes) (7 hr 20 min)

Reviews


(5 stars)

Narração excelente, uma obra que traz uma visão do passado sobre o tema da escravidão e em contrapartida mostra os efeitos do que temos hoje como racismo estrutural.

Chique!


(5 stars)

A narradora é perfeita! O livro é bastante bem construído, e muito bem argumentado. Contudo, confesso que a tentativa de contemporização com os senhores de terra e o tom condescendente do discurso não me agrada muito, principalmente quando se assume uma posição de superioridade moral sem explicitar suficientemente que, em última instância, era a pele dos não-escravizado que entraria em jogo no longo prazo com a prorrogação indefinida da escravidão, como o autor nos deixa entrever ao mencionar os "horrores de são domingos".