Skip to main content.

Os Lusíadas

Gelesen von zaaf

(3,926 Sterne; 88 Bewertungen)

Camões (1524-1580) é o maior poeta da nossa língua, e Os Lusíadas a sua obra maior. Publicada em 1572, é poema épico em dez cantos, narrando os feitos dos Portugueses em suas guerras e descobertas marítimas, em uma visão maravilhosa e exaltada, grandiosa e de comovente patriotismo. Apesar das barreiras que se põem ao leitor moderno, as referências mitológicas às vezes recônditas, as menções a episódios e personagens históricos menos conhecidos, a sua modernidade é surpreendente e a pessoa do poeta se impõe admirável, concreta e única em sua genialidade. A força da linguagem, a beleza dos seus versos, desafia qualquer comentário. (Summary by zaaf)

Camões (1524-1580) is considered Portugal's greatest poet, and Os Lusiadas, his masterpiece. Published in 1572, this epic poem in ten cantos sings of the deeds of the Portuguese in their warfare and overseas discoveries, in an exalted vision of wonder, grandiloquence and moving patriotism. Once the obvious obstacles to the modern reader are surmounted, such as arcane mythological references or mentions to lesser known historic passages and characters, the modernity of this work may be surprising, and the author's persona emerges in his unique, concrete and admirable geniality. The strength of his diction and the beauty of his verses simply defy words. (Summary translated by Leni) (6 hr 31 min)

Chapters

01 - Canto I

36:37

Read by zaaf

02 - Canto II

39:03

Read by zaaf

03 - Canto III

50:14

Read by zaaf

04 - Canto IV

36:58

Read by zaaf

05 - Canto V

36:01

Read by zaaf

06 - Canto VI

35:40

Read by zaaf

07 - Canto VII

30:47

Read by zaaf

08 - Canto VIII

36:05

Read by zaaf

09 - Canto IX

34:04

Read by zaaf

10 - Canto X

56:01

Read by zaaf

Bewertungen

(0,5 Sterne)

Deveria mencionar que está em português do Brasil e não português de Portugal.

Excelente! Eu adorei a dicção. Quem não gostar, paciência!

(5 Sterne)

(5 Sterne)

Ótima leitura, com clara dicção e bom ritmo. Lembrem-se todos que não sabemos qual seria a pronúncia portuguesa ao séc. XVI. Muitos estudiosos defendem que ela fosse até mais próxima de variações brasileiras.

grande versão

(5 Sterne)

obrigado zaaf pela dedicação e leitura de tão belos versos. Camões escreve este poema épico da língua portuguesa e, com tempo, aprecia-se cada vez mais.

Lindo!!!

(5 Sterne)

Inspirador... profundo... circundo... com ardor... No fundo... do coração... sem ação... afundo...

Eu queria ouvir essa obra na sua língua original. Não em brasil

(0,5 Sterne)

Lido quase sem pausa e como que recitado sem compreensão. Pena.

(0,5 Sterne)

Ótima leitura

(5 Sterne)

um boa voz não robótica kkk